AVALIAÇÃO EM LARGA ESCALA E O TRABALHO DOCENTE: O ENEM EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA ESTADUAL CAPIXABA

Nome: Marcela Constantino Sotta
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 01/10/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marileide Gonçalves França Co-orientador
Raisa Maria de Arruda Martins Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Andréia Weiss Examinador Interno
Itamar Mendes da Silva Examinador Externo
Marileide Gonçalves França Examinador Interno
Raisa Maria de Arruda Martins Orientador

Resumo: Esta dissertação teve como objetivo analisar a relação/articulação do Enem com o trabalho dos docentes que atuam no ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio “Jerônimo Monteiro”, localizada no sul do Espírito Santo. Toma como pressuposto teórico-metodológico a abordagem dialética sob o prisma do Materialismo Histórico Dialético. Logo, se detém em alguns princípios deste método: totalidade; historicidade; materialismo histórico e movimento de contradição. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, do tipo estudo de caso. A produção de dados foi realizada a partir da consulta documental do Manual de gestão: informações úteis ao gestor escolar da rede estadual do Espírito Santo (2017), Currículo do Espírito Santo (2018) e Projeto Político Pedagógico da EEEFM “Jerônimo Monteiro” (2013); da observação registrada em diário de campo e da entrevista semiestruturada realizada com oito professores do Ensino Médio, englobando todas as grandes áreas do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias. Fundamentado em uma análise crítico-reflexiva do ENEM, no panorama das políticas públicas brasileiras, bem como na sua relação com a política neoliberal desenvolvida nas últimas décadas, o estudo mostrou que avançamos para uma reforma educacional baseada nos pressupostos neoliberais que, não envolve somente um redirecionamento dos documentos oficiais que estruturam os sistemas de ensino, mas principalmente impulsionam mudanças no trabalho docente. A pesquisa revelou que o ENEM, enquanto principal via de acesso ao ensino superior no país, assumiu não somente a função de regulador da qualidade da educação no ensino médio da EEEFM “Jerônimo Monteiro”, mas também exerceu a função de política indutora, exercendo influência na gestão e na organização escolar, bem como nos conteúdos, no material utilizado e na forma como os mesmos são trabalhados pelos professores na sala de aula. O estudo apontou que os professores a fim de atender às exigências da avaliação externa sentem-se pressionados a alterar o trabalho pedagógico, tomando o resultado dos seus alunos como forma de validação da sua prática pedagógica.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910