A EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOB O PRISMA DA REPRESENTAÇÃO SOCIAL DE LICENCIANDOS EM CURSOS DAS CIÊNCIAS DA NATUREZA

Nome: Rafael Almeida de Freitas
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/08/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marcos Vogel Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Carolina Demetrio Ferreira Examinador Interno
Gilson Silva Filho Examinador Externo
Marcos Vogel Orientador

Resumo: A vida em sociedade e a capacidade racional do ser humano contribuíram com a organização de um cenário de reflexões sobre as necessidades que o ambiente do qual fazemos parte, requer. Por meio de reuniões, eventos e a formulação de políticas públicas, inseriu-se a preocupação com o ambiente no contexto da Educação, em um campo denominado “Educação Ambiental”. Apesar das propostas e orientações em relação ao tema, sua assimilação por parte da sociedade é influenciada pelas vivências de cada pessoa e do contexto ao qual pertence, alterando a apropriação e a representação da Educação Ambiental, atribuindo-a diferentes características que resultam da trajetória formativa de cada indivíduo. Objetivou-se com essa pesquisa investigar a Educação Ambiental por meio da Representação Social de licenciandos em cursos das Ciências da Natureza (Química, Física e Ciências Biológicas). Adotou-se a Teoria das Representações Sociais como referencial teórico-metodológico, o qual conduziu a coleta e análise de dados, obtidos por meio da aplicação de questionários à alunos ingressantes nos cursos mencionados, na Universidade Federal do Espírito Santo – Alegre. Os resultados apontam para a existência de um grupo social entre os licenciandos, que se estrutura em quatro termos que compõem o Núcleo Central. A Representação Social dos licenciandos comporta elementos que se assemelham à diferentes concepções/vertentes de Educação Ambiental e apresentam relação com a trajetória formativa dos componentes do grupo social. A Representação Social do grupo se estrutura sobre os termos “preservação”, “poluição”, “conscientização” e “reciclagem”, os quais caracterizam, organizam e estruturam a representação do grupo em relação à Educação Ambiental. Observou-se ainda que há indícios que possibilitam relacionar o Ensino de Ciências da Natureza e a Educação Ambiental, com base nas ideias apontadas pelos licenciandos, reafirmando e reforçando potenciais discussões envolvendo a Educação Científica e Educação Ambiental.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910